† Ëvïl Ïnsïdë † Welcome to my world... - UOL Blog
Tocando a alma



Quantas razões eu tenho...
Para querer estar perto.
Para querer estar longe.
Já desejei as duas com a mesma intensidade.
Já desejei teus braços em volta dos meus.
E já desejei apenas ve-los partindo.
Já agi como se não me importasse.
Já passei por cima dos meus princípios e verdades...
Pois assim como eu, eles são mutáveis.
Já ignorei os meus sentidos e minhas angústias.
E já os abracei de novo com maior força quando me senti vulnerável.
Já sonhei alto...
Já fingi que meus sonhos eram realidade.
Já imaginei você aqui... somente meu.
Já imaginei você nos braços de muitas...
Para que eu pudesse assim odia-lo por um segundo...
E esquecer de todas as sensações que ainda me fazem humana.
Para esquecer de todos os sentimentos que ainda me prendem a você.
Uma prisão sem muros...
E sem possibilidade de fuga...
Meu carrasco é o meu espelho...
Aquele... que nas indas e vindas, não me deixa nem partir e nem ficar.
Avassalador é o que me prende a você...
Tão certo e tão incerto.
Meu mundo e meu abismo.
Meu tudo e meu nada.
Enema

"Enema, clister ou chuca, sendo este último o termo mais popular entre os indivíduos GLSBT, é a introdução de água ou qualquer outro líquido no intestino através do ânus. Pode ser feito com fins medicinais (como tratamento, preparo para procedimentos médicos, exame diagnóstico ou como a modalidade de medicina alternativa denominada hidrocolonterapia), por higiene ou ainda por estímulo sexual."
(Claro, fiquemos com a última opção...rs)

Boa noite meus caros leitores...
Estou eu aqui, de novo...rs para discursar um pouquinho sobre o tema acima.
Muitos me perguntariam... oras para que fazer uma coisa destas??? rs...
A resposta é bem simples, é lhe garanto que não é porque desejo ver o escravo bem higienizado...rs

É sim... extremamente humilhante...
Expõe qualquer resto de dignidade que ainda existir...rs

E é claro, podemos acrescentar algumas tarefas interessantes para serem feitas em conjunto rs... mas é claro que isso vou deixar por conta da imaginação de vocês!

Mas a principal razão para efetuar um enema...
É o prazer que este vai te proporcionar enquanto você observar...rs

Até a próxima!

Boa tarde meus caros!

Houve um período de férias minhas... porém estou de volta!
Em breve estarei postando sobre um novo assunto, que eu espero que seja de utilidade para todos que visistam meu blog ainda...rs

Até breve!
Sim meus caros!
Estou em período de férias!
Mas em breve estarei postando novamente.
Agardeço a todos que vistam!
beijos e até breve!
Eu sei...

 

Mais um vídeo... Mais uma música...

Beijos saudosos...

Castidade Forçada

 

Que sensação deliciosa de poder...
Saber que o prazer de alguém depende exclusivamente
da sua vontade...
Olhar nos olhos e ver o desespero...
Ouvir aquele que te pertence implorar por um alívio
temporário...rs

Voltando do devaneio rs

O que é a castidade forçada, senão a sensação de prazer
causada na privação do prazer sexual do escravo?
Quando falo de castidade, não me refiro a retirada em
si dos orgãos.
Castidade no meu conceito, é um ato de entrega incondicional.
É o controle sobre a excitação, ejaculação, sobre o toque
do seu "próprio" corpo... seja atráves de uma ordem, de
um castigo, ou por qualquer outra regra que a Dona ache
cabível.
Acessei divérsos sites sobre o assunto, e em um deles
encontrei um material interessante, que fala sobre os
níveis de castração de um homem.

A seguir, os oito níveis de castração:

1. O Controle da Sexualidade:
 
"O primeiro nível de castração estabelece-se quando o macho
submete o controle de sua sexualidade para a Mulher. Ele
não terá nenhum tipo de relação ou prazer sexual sem a
permissão dela, e só poderá ter qualquer tipo de sexo de acordo
com a direção dela. Embora este seja apenas o primeiro nível,
se acontecer de fato, o macho fica disponível para servir
o desejo da Mulher. Se uma Mulher controlar a sexualidade masculina
até este primeiro grau, ela já quebrou o controle
do macho sobre o corpo dela, e passa a ter o controle sobre o corpo
do homem. Se a sexualidade de um macho pode ser
controlada, ele provavelmente pode ser controlado em quase tudo,
já que o sexo é parte essencial da vida de quase todos os machos".

2. A castração da ejaculação:

"Os homens pode ser treinados a segurar ou adiar a ejaculação e manter
uma ereção pelo tempo desejado pela Mulher.
Se não houver permissão para o homem ejacular dntro da vagina
(“coitus interruptus”) mas retirar o pênis e alcançar o
clímax através da masturbação logo após ter retirado o órgão, então há
pequeno risco de gravidez. Com muito treino neste método, o homem pode
perder sua capacidade da atingir o clímax intra-vaginal, e pode
alcançar o orgasmo somente por manipulação manual. O segundo nível de
castração é alcançado quando o homem for capaz de não ejacular por mais
longo que seja o tempo que permanecer dentro da Mulher. Isto livra a Mulher
dos problemas de controle de natalidade.
Ela já não tem que tomar substâncias químicas ou colocar um corpo estranho
como um diafragma. Ao mesmo tempo, tem a vantagem sobre  vasectomia pois
o macho pode manter uma ereção por um tempo muito longo".

3. A castração pela posse:

"O terceiro nível de castração é alcançado quando o homem permite
livremente que seus órgãos genitais possam ser colocados
além do seu próprio controle. Esta é a castração de “bondage”.
Usando uma “Pulseira de Dentes de Kali” ou algum outro
dispositivo de controle que lhe impeçam qualquer tipo de manifestação
sexual ou até mesmo uma ereção até que o dispositivo seja afastado".

4. A castração pela Dor:

"O quarto nível de castração é alcançado quando o homem está sujeito
ao que é geralmente conhecido em BDSM como " tortura genital (CB&T) ".
Este nível requer a submissão do homem para aceitar a dor aplicada a
seus órgãos genitais. A dor a este nível é moderada em geral, mas
tem uma função simbólica. Estabelece na psique do submisso que os
órgãos genitais dele existem para o prazer e a diversão da Mulher".

5. A castração pela Propriedade:

"Posse necessariamente não significa Propriedade. Quando a pessoa é
dona algo, ela é livre para fazer o que quiser com o objeto de
sua propriedade. A Mulher que detém a propriedade dos órgãos genitais
também é Dona do homem ao qual tais órgãos estão fixados. Este nível
de castração é realizado pela Mulher que empresta o submisso dela a
outras Mulheres para o prazer e uso delas. Este nível de castração
estabelece que o macho já não possui o ego dele. Ele pertence a uma
Mulher que faz com ele o que Ela deseja. Também tem a função importante
de eliminar os vestígios de exclusividade ou monogamia sexual
na psique do macho. Um passo adicional no processo de castração pode ser
realizado exigindo para o submisso testemunho a Mulher desfrutar de outros
homens. Isto estabelece na psique do macho que ele não tem nenhuma
prerrogativa ou qualquer direito sobre o corpo da Mulher. Ela é a Sujeito,
livre. Ele é o Outro. Neste nível de castração, qualquer idéia do homem
possuir a Mulher já desapareceu".

6. A castração pelo Sangue:

"O sexto nível de castração é alcançado sujeitando-se os órgãos genitais
masculinos ao “piercing”  para a colocação de anéis, pulseiras, ou outras
formas de jóia genital que a Mulher pode desejar que Seu submisso use.
A forma mais antigada Castração pelo Sangue é levada a cabo em rituais de
circuncisão. A posse do prepúcio torna mais completa a propriedade
dos órgãos genitais. Quando o prepúcio seco estiver em um vidro sobre a
estante da Mulher, a serpente fálica estará completamente em Suas mãos".

7. A castração pelo Desempenho:

"O sétimo nível de castração é mais permanente. Impede que o macho tenha
uma ereção ou qualquer ação sexual com seus genitais. É geralmente
determinado por “piercings” profundos e radicais com a inserção de
jóia genital. Também pode ser realizado quimicamente. O sétimo nível de
castração, a menos que se requeira uma castração química temporária,
mantém o macho com desejo sexual mas com impossibilidade total em obter
um alívio sexual ou orgasmo. [Nota: machos sem Dominadoras
ou Mestres costumam executar estes procedimentos neles próprios".

8. A Castração Radical:

"O oitavo nível de castração, castração radical, requer a remoção cirúrgica
dos testículos. A castração radical livra o macho do desejo sexual como
também elimina seu prazer sexual. Esta forma de castração é usada para
criar o “Gallae” (eunucos), ou escravo sexual castrado das Deusas ou
Sacerdotisas. Tais machos executaram um papel essencial em sociedades
matriarcais antigas e seriam necessários em matriarcados futuros—se bem
que eles também existiram em patriarcados, como por exemplo, em templos romanos".

Até quel nível você chegaria??? rsrsrs
Beijos a todos!

Limites???

 

Sempre imagino o SM como um mundo livre,
onde as mais "insanas" fantasias podem fazer
parte de uma realidade, mesmo que por algumas horas...

Conversando com muitas pessoas, que acabamos por
conhecer através de chats, msn, e as demais facilidades
do mundo virtual, acabei por notar alguns "fatos"...
Sim, de alguma forma, posso me incluir nestes "fatos",
Porém meus dados não contam mais como estatísticas...rs
Pois são fatos que já não fazem mais parte do meu conceito.

Começemos pela palavra mágica - Preconceito, ou melhor
Pré-conceito!!!
Sim... é como, não não, não gosto de maça, mas nunca comi!
Muitas vezes julgamos sabores sem conhecer, e é assim também
dentro deste mundo.
Vejo muitas pessoas dizerem que não fariam isso ou aquilo,
porém, estas nunca foram levadas a uma situação limite...
Não limite, da dor, a ponto de ser necessária uma Safeword,
Digo o limite de satisfazer sua Dona ou seu Dono...
Ultrapassar seus próprios limites em prol de uma satisfação maior
Existe felicidade maior para um servo do que a alegria de sua Dona
ou Dono, sabendo que esta foi causada por suas tarefas cumpridas???
Sim, para um escravo que serve Dona (o), sem paixão verdadeira,
sem entrega, minhas palavras podem ser vagas...

Porém para aquele que se entrega incondicionalmente...
Há realmente um limite???

Eu mesma, mudei muitos conceitos...
Muitos novos desejos surgiram ao longo do tempo...
Assim como o desejo de satisfazer sua Dona ou Dono,
pode surgir mais forte do que um preconceito!

Limites... existem sim, porém estes não são imutáveis!
As coisas são muito relativas, ja dizia Einstein...

 

Sem palavras

 

Acho que a melodia fala por si...

Dispensa meus comentários!

SM, uma doença??

Pois é meus amigos, segundo algumas teorias da psicologia,
o sadomasoquismo é sim uma doença!!!
E está até enquadrado na CID ( Classificação estatística
de doenças e problemas relacionados a saúde).
Mas, o sadomasoquismo está incluso em um categoria...
Chamada parafilia. Uma palavra proveniente do grego,
Para = "fora de"; Filía = "amor".
É basicamente encontrar prazer sexual com outras práticas
que não sejam somente a penetração.
Apesar de ser considerado humm "inofensivo"...rs, ainda
assim é considerada uma doença.
Um fato bem interessante, é que no passado, o ato
da masturbação e do homossexualismo, eram também,
considerados parafilias.
Em alguns artigos que andei pesquisando,
muitos psicólogos não consideram o sadismo ou o masoquismo
como doença, por ser consensual...
Mas, é óbvio, não há um acordo entre os doutores rs...
Vou colocar algumas "doenças" rs... que encontrei classificadas
como parafilia.
Mesmo neste mundo SM, ainda encontraremos algumas fantasias
que nos são bem estranhas rs... mas quem somos nós para
classificar as diferentes fantasias, tendo em vista
que somos considerados doentes também... rs
Aqui estão algumas:

"Algamatofilia: Apêgo ou admiração por estátuas."

"Agorafilia: Impulso "incontrolável" (rs...) por
praticar sexo em lugares públicos."

"Agrofilia: Excitação em fazer sexo no campo (diga-se mato)."

"Anemofilia: Excitação sexual com o vento ou sopro
nas genitárias."

"Apotemnofiia: Desejo de ter amputado uma ou mais partes
do corpo."

"ATM ( Ass to mouth) ou do ânus para a boca: é quando após a
penetração pelo ânus, o parceiro penetrado leva o orgão
sexual do parceiro a boca, fazendo assim o sexo oral."

"Auto-androfilia: Desejo em possuir atributos físicos
e comportamentos masculinos para satisfação sexual."

"Autoginefilia: Desejo de possuir atributos físicos e
comportamentos femininos para satisfação sexual."

"Balões: sim, também é considerada uma parafilia, apesar de
não ser muito comum no Brasil, existem muitos relatos no
exterior de pessoas que se excitam com o toque de uma
bexiga."

"BBW (Big Beautiful Woman): ou seja, mulheres gordas, bonitas e
atraentes. Homens ou mulheres, que se excitam com este
esteriótipo."

"Bondage: Prazer obtido com a imobilização do parceiro."

"Cinofilia: atração sexual por cães."

"Clismafilia: excitação sexual causada por clisters."

"Coprofagia: Prática de comer fezes."

"Coprofilia: Excitação sexual com o contato com as fezes
do parceiro."

"Coreofilia: Excitação sexual pela dança."

"Corofilia: inclinação de leésbicas maduras por
jovens impúberes."

"Crinofila: Excitação sexual provocada por secreções
( saliva, suor, etc... )."

"Cronofilia: Trata-se de um gripo de parafilias,
entre elas a Teleiofilia (atração de menores por
pessoas mais velhas), Gerontofilia (atração de não idosos
por idosos), dentre outras que já conhecemos..."

"Dupla penetração: Consiste no ato da excitação, com
a penetração de dois orifícios ao mesmo tempo, como
vagina e ânus, ou boca e ânus."

"Efebofilia: Prática sexual por menores, entre 10 e 16
anos de idade."

"Emetofilia: Obter excitação com o ato de vomitar, ou
com o vomito do outro."

"Espectrofilia: Obtenção de excitação com fantasias com
fantasmas, espíritos ou deuses."

"Exibicionismo: Conseguir excitação com o fato de exibir
seus orgãos genitais a outras pessoas. "

"Fetichismo: Desvio do interesse sexual para algumas
partes do corpo do parceiro, ou peças de roupas e
acessórios, etc..."

"Fisting: Inserção da mão, ou do antebraço, no ânus ou
na vagina."

"Frotteurismo: Excitação na fricção de orgãos genitais
de uma pessoa vestida, em outras."

"Hebefilia: Desejo sexual por adolescentes."

"Hipofila: atração sexual por cavalos."

"Incesto: Relação sexual entre parentes, ou que
tenham algum tipo de restrição dentro da sociedade."

"Infantilismo": Obtenção do prazer sexual, ao ser
tratado como criança ou bebê."

"Lolismo: Desejo sexual por adolescentes na faixa
etária entre 9 e 13 anos."

"Maieusofilia: Excitação sexual com a visualização
de partos."

"Masoquismo: Excitação obtida com a dor física (vivida
ou imaginada ), ou com a humilhação."

"Menofilia: Excitação sexual por mulheres mentruadas."

"Nanofilia: atração sexual por anões."

"Necrofilia: Excitação sexual obtida com a visão ou
toque em um cadaver."

"Nesofilia: Atração por copular em ilhas."

"Orquifilia: Excitação seual por testículos."

"Partenofilia: fixação sexual por virgens."

"Pigofilia: Excitação sexual por nádegas."

"Podolatria: Desejo sexual obtido com o fato de
observar, tocar, beijar, cheirar ou massagear
o pé de outra pessoa."

"Pogonofilia: Excitação sexual por barbas."

"Pregnofilia: Desejo sexual por mulheres grávidas."

"Sadismo: Obtenção de prazer, no ato de causar ou
imaginar, dor física ou psicológica no parceiro."

"Trampling: Excitação no fato de ser pisado por
outra pessoa, geralmente do sexo oposto."

"Transfilia: Desejo ou valorização por pessoas que
são transexuais."

"Tricofilia: Fetiche por cabelos e pelos."

"Urofilia: Excitação com o fato de urinar, ou
receber jato de urina do parceiro, seja em partes
do corpo, ou até na boca."

"Vouyeurismo: Obtenção de prazer sexual na observação de
outras pessoas, que estejam nuas, ou em trajes apelativos,
ou pessoas que estejam praticando atos sexuais em si."

"Zoofilia: atração sexual por humanos com animais."

Bom, vou ficando por aqui rs

Espero que tenham gostado!

até breve!!!

 

 

Um texto nada SM!!!

Boa noite a todos que me visitam!

Esta noite colocarei um texto que não é de minha autoria,

Porém bem interessante rs, e nada SM!!!

"Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os
honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo
à porta.
O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à uma lógica ou razão...
O verdadeiro amor acontece por "empatia", por "magnetismo", por "conjunção
estelar".
Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do
Caetano. Isso não são "referenciais".
Ama-se pelo "cheiro", pelo "mistério", pela "paz que o outro lhe dá" oupelo
"tormento" que provoca.
Ama-se pelo tom de "voz", pela maneira que os "olhos piscam", pela
"fragilidade" que se revela quando menos se espera.
Você ama aquela "petulante".
Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que
ela deixou a seco.
Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia
a sol, você abomina o Natal e ela detesta o Ano Novo, nem no ódio vocês
combinam...
Então?
Então, que ela tem um "jeito de sorrir" que o deixa imobilizado, o "beijo
dela é mais viciante do que LOST", você adora "brigar com ela" e ela adora
"implicar com você".
Isso tem nome ....
Você ama aquele cafajeste.
Ele diz que vai ligar e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra
no armário.
Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro e é meio galinha.
Ele não tem a menor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não
consegue despachá-lo.
Mas quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga.
Ele toca gaita de boca, adora animais e escreve poemas.
Por que você ama este cara?
Não pergunte pra mim ...
Você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos
irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica
também tem seu valor.
É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu
corpo tem todas as curvas igual de um violão.
Independente, com emprego fixo, bom saldo no banco.
Você gosta de viajar, de boa música, é esportista e anda super na moda.
Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um
currículo desse, criatura, por que diabo está sem um amor?
Ahhh, quem dera eu tivesse a resposta ... onde está o amor ?
Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu
linda + você inteligente = dois apaixonados.
Mas ...
Não funciona assim.
Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC.
Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.
Honestos existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e
bons pais de família, tá assim, ó !!
Mas ninguém consegue ser do jeito que a gente quer ... nem nós mesmos
seremos ....
Amar exige coragem e infelizmente hoje existem muitos covardes no mundo..."

Arnaldo Jabor

Abraços a todos!

 

HARD!!!!!!

 

Dentro do mundo BDSM, existem tantas denominações,
que muitas vezes os conceitos são perdidos ao longo
destas inúmeras ramificações...
O conceito de Hard e Light, sem dúvida exemplificam
muito bem isso...
Na verdade o que é hard???
Bom... acredito que se fizessemos uma pesquisa,
encontrariamos as mais variadas respostas para a
mesma questão!
Por que???
Oras??? isso é muito simples!!!!
Porque conceitos são relativos!
Alguns poderiam dizer que uma sessão hard,
é uma sessão onde chega-se a tirar sangue
Outros poderiam dizer que hard, seria uma
sessão que houvesse chuva dourada ou scat.
Entretanto, para um escravo masoquista,
o seu sangue escorrendo durante a sessão
seria um prêmio, e para um amante de scat
e chuva dourada, a presença de qualquer uma
destas duas praticas seria necessária
para uma sessão completa!
Logo... acredito que rótulos, servem apenas
para aquele que o usa,
e não como um conceito geral!
Estou certa? errada?
Quem sabe... é uma opinião!!!!
O mundo é feito delas!
O que seria do azul se todos gostassem de verde? rsrsrs

Vou ficando por aqui!
Beijos a todos!

Torturas II

Continuando o post anterior sobre torturas...
Afinal, não coube tudo em um único rs...
Vou colocar mais alguns métodos de tortura.
Uns podem ser considerados medievais,
Outros já bem atuais...

Choques Elétricos


Este posso dizer que é bem usado até hoje rs...
Os instrumentos mais utilizados
para torturar prisioneiros com choques
são os bastões elétricos.
Estes bastões podem ter
variadas escalas de descarga elétrica...
No caso deste acessório para torturas
os condenados,ou doentes mentais em tempos distantes,
a descarga poderia ser bem elevada...
até causar a morte.
Sempre foram utilizados nas partes mais sensíveis como:
boca, genitais, no peito, pescoço e plantas dos pés...
Estes bastões inúras vezes eram molhados,
para intensificar a dor...
Com a pele exposta aos choques em níveis fortes
A pele acaba queimando... rasgando-se e...
Sangrando muito...

Morte na Fogueira

Não é segredo...
Na época da inquisição, qualquer pessoa
Acusada de bruxaria... era condenada a morte...
Na fogueira... ainda viva...rs
Muito cruel... pensando-se que as queimaduras
iniciavam-se pelos pés, e...
Que as chama iam subindo gradualmente...

Breast Torture

Também nos tempos da inquisição,
as mulheres acusadas de bruxaria
sofriam por vezes a chamada tortura dos peitos.
Esta tortura comprimia os seios
usando duas tábuas, que geralmente
estavam cobertas de espetos
provocando dor...

The Breast Ripper

Este instrumento, era utilizado principalmente
em mulheres acusadas de adultério ou heresia.
Os ganchos eram utilizados para dilacerar os seios
lentamente...
Muitas vezes eles eram aquecidos
antes do uso...

O Cinto de Castidade

Por último e não menos importante...
A castidade!!!
Se analizarmos alguns relatos de historiadores,
muitos deles, não consideram o cinto de castidade
uma tortura, e sim um presente...
Tendo em vista que, muitos destes cintos,
eram feitos de materiais preciosos...
E "incentivavam" de forma bem incisiva
Que a esposa, durante a ausência,
do marido, ou até mesmo enquanto aguardava
o casamento, que a mulher se mativesse casta!
Hoje por exemplo, não temos os cintos somente
para uso em mulheres... mas nós homens também!
Particularmente não considero a castidade uma...
tortura... rs mas um presente, dado a um servo...rs
Para que o mesmo possa resguardar-se
para sua Dona...rs
Claro, claro... há quem discorde da minha opinião!
Mas... o mundo é feito das diferenças também!
Viva a elas...rs
E ao prazer e inquietação que podem causar!!!

Beijos

Torturas Medievais

Aqui estamos nós hoje...
Vivendo ou pesquisando técnicas, objetos, fotos, novidades...
enfim, tentando ou por simples curiosidade procurando inovação,
dentro do meio BDSM. Mas se voltarmos um pouquinho ao passado,
veremos que muitas das idéias que são utilizadas hoje,
tiveram como base, torturas utilizadas a décadas atrás.

Por isso o post de hoje é dedicado as torturas medievais!

Aqui, algumas imagens
e um breve relato sobre os objetos utilizados,
e as formas de uso! (diga-se de passagem, que a criatividade
era um ponto bem forte destas torturas rs...)

Vou começar com um dos meus preferidos:

O SERROTE

Posso dizer que foi um instrumento
bem utilizado na idade média.
Usado para punir diversos tipos de "crimes".
Sem dúvida, porque era facilmente encontrado
em qualquer local, e claro
porque garantia uma morte bem dolorosa e rápida.
Como podemos ver acima...
a vítima era amarrada de cabeça para baixo,
com as pernas abertas e era serrada
literalmente ao meio até a morte!
(o fato de amarrar-se com a cabeça para baixo,
sem dúvida era um dos seus pontos fortes pois,
desta forma, garantia-se uma oxigenação cerebral
máxima, e um atraso na perda de sangue...
para que deste modo a pessoa só perdesse a consciência
quando o serrote atingisse o umbigo,
ou em casos mais extremos o peito).

O ESMAGA CABEÇAS

Este instrumento como podemos observar,
consistia num capacete e numa barra
onde se apoiava o queixo do condenado.
Após colocado o capacete, utilizava-se
um parafuso que ia comprimindo a cabeça na vertical.
O resultado disso ???
Os alvéolos dentários eram destruídos,
depois as mandíbulas,
depois os olhos saltavam das órbitas
e finalmente o cérebro sairia pelo crânio...
que já não existiria mais!

MESA DE ESVENTRAMENTO

Este artefato era composto de uma mesa,
sobre a qual havia uma roldana,
um sistema de cordas e um pequeno gancho.
O condenado amarrado,
de forma que não pudesse se mover,
tinha o ventre aberto e o gancho preso
firmemente as suas entranhas.
As roldanas eram puxadas lentamente,
suspendendo as entranhas do condenado,
com ele consciente.
Esta tortura poderia ser prolongada
por horas ou dias...
Quanto mais o condenado sofresse,
maior seria considerada a perícia do carrasco! 

O EMPALAMENTO

Este método de tortura,
consistia em espetar
uma estaca afiada no corpo do condenado.
Esta penetração
poderia ser feita de várias formas...
Pelos lados, pela boca, ou pelo recto!!!
A estaca normalmente plantada no chão,
deixando o condenado sofrendo
até a chegada de sua morte.
Em algumas de suas utilizações,
as estacas eram cuidadosamente alojadas,
a fim de que, não perfurassem orgãos vitais,
que causariam uma morte rápida ou imediata,
e também colocadas de forma que pudessem evitar
a perda de muito sangue,
prolongando assim a tortura por horas...

A PÊRA

Claro, que seu nome vem do seu formato.
Este intrumento possuia um mecanismo
que através de um parafuso ia
progressivamente se expandindo
até a abertura máxima de dois ou três
elementos de que é composta.
Este artefato poderia ser introduzido na boca,
na vagina ou no recto.
Forçado em uma das cavidades,
as mesmas eram multiladas quase sempre fatalmente,
já que os dentes pontiagudos serviam para rasgar
a garganta, os intestinos ou o útero
do condenado em questão...

A RODA

Neste objeto o condenado
era preso pelas mãos e pelos pés.
O carrasco, utilizando-se
de uma barra de ferro ou um martelo,
ia desferindo golpes lentos e dolorosos
para esmagar os ossos,
mas sem utilizar-se de golpes fatais.
A perícia do carrasco era avaliada
pela multidão da seguinte forma:
caso o mesmo efetuasse golpes que
quebrassem os ossos mas
não expusessem as fraturas
ele era aplaudido.
Após ter os ossos quebrados,
os membros do condenado seriam
enrolados nas extremidades da roda.
A mesma era elevada horizontalmente
e colocada em uma estaca,
onde o condenado,
aguardaria por sua morte!


A PATA DO GATO

Utilizada com os condenados amarrados
pelas mãos e pelos pés,
estas garras afiadas dilaceravam
a carne do condenado...
tendo em vista que,
seu formato e suas dimensões
não encontravam obstáculos
em músculos ou em ossos...

TORTURA PELA ÁGUA

Também conhecida como limpeza da alma,
foi bem utilizada por católicos
na época da inquisição.
Afinal os acusados de heresia ou bruxaria,
ao ponto de vista dos religiosos,
estavam possuídos pelo demônio.
O condenado,
amarrado em um banco ou uma mesa,
tinha um funil introduzido em sua boca.
Desta forma era obrigado
a ingerir vários líquidos a ferver...
ou forçando o mesmo a ingerir
elevadas quantidades de água,
até que isso causasse
morte por afogamento!!!

O GARROTE

Este mecanismo foi muito utilizado...
inicialmente de uma foma mais rudimentar
onde era feito um enorme barrote
enterrado no chão
e uma corda que servia para
torcer o pescoço do condenado.
Posteriormente aperfeiçoado,
este objeto teve um colarinho
de ferro adicionado,
que possuia um outro dispositivo de metal
que penetrava as vértebras cervicais.
Este obejto podia causar a morte por duas razões:
a primeira delas devido ao esmagamento
da espinha dorsal
e a segunda delas por asfixia...

A DAMA DE FERRO

Este sarcófago foi construido
com materiais tão grossos,
que nenhum grito poderia ser ouvido,
a menos que o sarcófago fosse aberto.
Este possuia em seu interior pontas
que perfuravam diversas partes do corpo,
mas que não perfuravam órgãos vitais,
mantendo o condenado vivo
e sempre na posição vertical.
Quando fechado,
as pontas afiadas penetravam
o corpo do condenado,
infligindo longa e cruel agonia...

 

COMIDA FORÇADA

 

Nesta forma de tortura,
eram utilizados tubos,
que eram forçados
pela boca e nariz do condenado,
diretamente até o estômago.
Há relatos de casos onde os tubos
foram introduzidos de forma em que
penetravam os pulmões...
A ingestão forçada de alimentos,
excremetos ou líquidos em altas temperaturas,
além de causar vômitos, convulsões,
causava lesões internas
que na maioria das vezes, causava a morte.

AS BOTAS

Este instrumento tinha como finalidade,
esmagar as pernas e pés do condenado.
Consistiam em cunhas que se assentavam
as pernas dos tornozelos aos joelhos.
O carrasco ultilizava-se de um martelo
pesado que ao bater nas cunhas,
as comprimiam cada vez mais...
As cunhas dilaceravam a carne
e esmagavam os ossos.
Caso o condenado não fosse executado
após esta tortura, jamais voltaria a andar,
pois teria as pernas desfeitas...

O STRAPPADO

Este também conhecido como pêndulo
foi uma forma bem utilizada de tortura na idade média.
Era composto de uma corda e uma viga robusta.
Os pulsos do condenado eram amarrados
atrás das costas e a corda passada por cima da viga.
O condenado era içado e e largado repetidas vezes
causando o deslocamento dos ombros
e consequentemente dor...

 

A CEGONHA

Não era um objeto que causava dor diretamente...
porém isso ocorresse com sua aplicação.
A cegonha consistia em uma algema que unia
as mãos e os pés do condenado,
impedindo seus movimentos.
Parece-nos apenas um meio de imobilização...
porém com as prolongadas horas de seu uso,
as dores musculares eram inevitáveis e cruéis.
E ainda assim,
o carrasco poderia utilizar-se de o
utras formas de tortura,
em conjunto com este artefato!

 

A FORQUILHA DOS HEREGES

Este artefato,
como podemos observar
tinha dois pequenos garfos opostos,
com pontas que tocavam
a carne do condenado
uma ponta sobre o queixo
e outra sobre o peito.
Um pequeno coloarinho
apoiava o instrumento,
evitando assim movimentos do condenado.
Colocados de forma
a não penetrar pontos vitais,
este instrumento prolongava
o sofrimento do condenado
até causar a sua morte!

A MÁSCARA DA INFÂMIA

Esta.. sem dúvida,
provocava dois tipos de sofrimento simultâneos:
o psicológico e o físico.
Já que os condenados eram vítimas
não só da dor física,
mas como também da humilhação pública.
As máscaras na maioria das vezes
possuiam artifícios interiores
como lâminas ou bolas
que eram forçadas pelo nariz ou pela boca
(isso lembra algo? rs),
impedindo gritos ou lamúrias.
Caso o condenado tentasse gritar...
este teria sua l[ingua dilacerada
pelas lâminas e espetos contidos na máscara.
Máscaras com orelhas longas
eram a representação do ridículo,
enquanto as que assemelhavam-se
a um focinho de porco,
simbolizavam a sujeira...

O BANCO DA TORTURA

Conhecido por vários nomes,
a idéia deste artefato
era amarrar o condenado
através de uma tábua
pelos tornozelos e pulsos.
Então, os cilindros
nos topos da tábua seraim rodados,
puxando o corpo em todas as direções.
Sem dúvida causando lesões graves
nas rótulas dos ossos!

A CADEIRA INQUISICIONAL

Este artefato era coberto
com espetos afiados no assento,
nas costas nos braços,
pernas e pés.
Possuia um sistema de imobilização
que não permitia ao condenado
fazer movimentos e que permitia que
os espetos penetrassem
cada vez mais profundamente.
O assento, frequentemente
feito em ferro podia também ser aquecido...
Este objeto era uma forma de tortura
não só física, como psicológica,
pois o condenado sabia que,
a dor aumentaria gradativamente...

COZIDO ATÉ A MORTE

Com a ajuda de um caldeirão,
que poderia estar cheio de água,
azeite ou mesmo sebo.
O condenado era introduzido em seu interior,
e levado a fogueira...
Este tipo de tortura também possuia
um método alternativo mais doloroso onde,
o condenado era imerso
em um recipiente menos profundo,
ficando parcialmente imerso... d
esta forma não seria cozido,
mas literalmente frito até a sua morte...

O BERÇO DE JUDAS

 Neste intrumento o condenado
era penetrado no ânus ou na vagina.
Com o condenado despido,
este era pendurado por um cinto de ferro
em volta da cintura
com as mãos e os pés presos.
As pernas eram mantidas
levemente abertas por um dispositivo que
permitia que as pernas baixassem apenas
juntamente... desta forma com os músculos
rógidos, o condenado não poderia relaxar...

Brinquedos interessantes II

Para deixar a imaginação vagar um pouco...

Mais alguns brinquedinhos interessantes rs...

 

Bom, ficam dadas as sugestões rs

Beijos a todos!

ALGUNS BRINQUEDOS INTERESSANTES

BALL STRETCHING

PENIS PLUGS

 

SPIKEY GLANS RINGS

SPERM STOPPER

UMA BELA CHAMPGNE RS...

PENIS PLUG

HUMMM RSRSRS

CLAMPS

FORCEPS

AI AI RS...

Bom por hj é só rsrsrs, ficam ai as "idéias" de alguns acessórios que podem cusar muita dor

Até breve!